Skip to main content
menu

Polícia Militar prende grupo suspeito de integrar facção e intimidar moradores na Paraíba

foto reprodução Em uma operação realizada nessa sexta-feira (17), a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos de fazer parte de uma facção criminosa que atua na Paraíba. A ação ocorreu após denúncias de que o grupo estava pichando muros co

Por admin

19/05/2024 13h42 Atualizado recentemente

foto reprodução

Em uma operação realizada nessa sexta-feira (17), a Polícia Militar prendeu quatro suspeitos de fazer parte de uma facção criminosa que atua na Paraíba. A ação ocorreu após denúncias de que o grupo estava pichando muros com símbolos da facção para intimidar a população da cidade de Lucena.

De acordo com o major Bruno, do Batalhão de Turismo, a polícia foi acionada e prontamente iniciou diligências na região. Durante a abordagem, os suspeitos tentaram fugir em uma caminhonete, disparando contra os policiais, que revidaram. Na perseguição, o veículo perdeu o controle e colidiu, resultando na captura dos quatro envolvidos.

Os suspeitos, identificados como residentes de Baía da Traição, Santa Rita e Lucena, estavam em posse de armas de fogo e munições, incluindo duas pistolas e um revólver calibre 38, além de roupas camufladas. A caminhonete usada pelo grupo havia sido roubada em Santa Rita.

O major Bruno destacou que um dos detidos, conhecido como “Playboy”, é um dos líderes da facção em Baía e é suspeito de diversos crimes, incluindo homicídios e roubos. A operação foi realizada sob a direção do Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Sérgio.


Confira também: .

Os presos foram levados para a Delegacia de Crimes Contra a Pessoa e a Delegacia de Homicídios, onde estão sendo investigados.

PB Agora

 

 

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar