Skip to main content

Em reunião na Energisa, Presidente da FIEPB apresenta demandas e propostas do setor industrial

Na manhã desta quarta-feira(12), em João Pessoa, o Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEPB, Cassiano Pascoal Pereira Neto se reuniu com o diretor-presidente da Energisa Paraíba e Energisa Borborema, Márcio Zidan.

Por admin

12/06/2024 19h15 Atualizado recentemente

Na manhã desta quarta-feira(12), em João Pessoa, o Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba – FIEPB, Cassiano Pascoal Pereira Neto se reuniu com o diretor-presidente da Energisa Paraíba e Energisa Borborema, Márcio Zidan.

[publishers_addon_related_posts]

Na presença dos industriais Magno Rossi, Petrúcio Muniz, Guilherme Estrela, Rômulo Hamad e Valeriano Paulo Garcia de Oliveira, o presidente da FIEPB, Cassiano Pereira conheceu os projetos e investimentos da Energisa direcionados para a indústria, aproveitando a oportunidade para convidar Márcio Zidan no intuito de apresentá-los, num encontro com industriais paraibanos, na sede da Federação, em Campina Grande.

“Tivemos um encontro muito produtivo com o diretor-presidente da Energisa, Márcio Zidan, que aceitou o nosso convite, para apresentar o planejamento da distribuidora de energia aos industriais da Paraíba. São ações que garantirão o fornecimento eficiente de energia para as atuais e novas indústrias que se instalarem em nosso estado”, disse o presidente da FIEPB.


Confira também: .

O Presidente Cassiano Pereira, tratou ainda, sobre a criação de tarifas de energia diferenciadas para o setor, além do uso de fontes renováveis na produção de energia por parte da Energisa, afim de garantir eficiência energética e reduzir custos de produção, uma vez que a indústria da Paraíba utiliza quase que em sua totalidade a energia elétrica, visando garantir efetividade na produção.

De acordo com dados da Confederação Nacional da Indústria, o consumo de energia das indústrias corresponde a cerca de 40% do percentual total de energia produzida no país, e a partir desses números, 46,3% vêm da energia hidroelétrica.

Publicado de forma automática pelo integrador de notícias, originalmente foi publicado pelo https://www.polemicaparaiba.com.br

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar