Skip to main content
menu

CASO JÚLIA: mãe relata que não se lembra dos momentos em que matava a filha

O programa “O Povo na TV” da TV Tambaú exibiu, nesta terça-feira (11), o depoimento de Eliane Nunes, acusada de matar sua filha, Júlia Cavalcante, com 26 facadas no bairro do Ernesto Geisel em outubro de 2023. Durante o julgamento,

Por admin

11/06/2024 15h05 Atualizado recentemente

O programa “O Povo na TV” da TV Tambaú exibiu, nesta terça-feira (11), o depoimento de Eliane Nunes, acusada de matar sua filha, Júlia Cavalcante, com 26 facadas no bairro do Ernesto Geisel em outubro de 2023.

Durante o julgamento, Eliane Nunes relatou que estava enfrentando constantes separações com Felipe, pai de Júlia. No dia em que matou a filha, ela desejava que Felipe voltasse para casa para que pudessem conversar após uma discussão por um pote de sorvete. Ao perceber que Felipe não retornaria, Eliane afirmou ter entrado em surto, momento em que pegou a faca que acabaria sendo usada nas facadas contra sua filha de 1 ano.

Eliane declarou que desferiu o primeiro golpe enquanto Júlia estava no berço. Ela mencionou que não se recorda dos detalhes do momento em que atacou a criança. Sua única lembrança é de ter entrado em um ônibus e ido até a delegacia, e apenas lá, ela relata que teve consciência do ocorrido. A juíza afirma que a criança sangrou até morrer.


Confira também: .

O júri está sendo presidido pela juíza Aylzia Fabiana Borges Carrillo. Foram chamadas duas testemunhas de defesa: ex-sogro de Eliane e o pai da ré.

T5

Publicado de forma automática pelo integrador de notícias, originalmente foi publicado pelo https://www.polemicaparaiba.com.br

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar