Skip to main content
menu

MP entra em ação para tentar impedir retomada da liberação das fogueiras juninas na Paraíba

A promotora de Justiça, Cláudia Cabral, afirmou na tarde desta quinta-feira (6) que o Ministério Público abrirá um procedimento caso a lei das fogueiras juninas seja sancionada. O projeto foi aprovado esta semana pela Assembleia Legislativa do E

Por admin

07/06/2024 09h00 Atualizado recentemente

A promotora de Justiça, Cláudia Cabral, afirmou na tarde desta quinta-feira (6) que o Ministério Público abrirá um procedimento caso a lei das fogueiras juninas seja sancionada. O projeto foi aprovado esta semana pela Assembleia Legislativa do Estado.

Em entrevista ao Programa Arapuan Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, a promotora destacou a necessidade de considerar os crimes ambientais e os problemas de saúde que essas fogueiras podem causar à população paraibana.


Confira também: .

Além disso, a promotora mencionou a importância de discutir a origem da madeira utilizada nas fogueiras. “Se a madeira vier das matas, trata-se de um crime ambiental. E, se for usada madeira de restos de móveis, como portas, isso pode causar problemas à saúde da população”, alertou.

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar