Skip to main content
menu

Menina de 13 anos vai comprar macarrão, é encurralada e sofre abuso de dono do mercado

foto reprodução Um comerciante foi preso em flagrante por abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos, no bairro Jardim Helena, região do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, na tarde do último sábado (25). Os pais da vítima estiveram

Por admin

27/05/2024 08h50 Atualizado recentemente

foto reprodução

Um comerciante foi preso em flagrante por abusar sexualmente de uma adolescente de 13 anos, no bairro Jardim Helena, região do Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, na tarde do último sábado (25).

Os pais da vítima estiveram na delegacia e relataram que a menina foi ao endereço, onde fica um pequeno mercado, para comprar macarrão instantâneo.

O suspeito, de 62 anos, que é comerciante e proprietário da mercearia, acompanhou a vítima até os fundos do prédio e pediu um beijo, o que foi negado pela menina.

Em seguida, ofereceu dinheiro para que ela pudesse comprar o macarrão. A vítima negou novamente a oferta, momento em que o suspeito a encurralou na parede e apalpou suas partes íntimas.

A menina conseguiu correr e voltou para casa. Ao chegar, contou o que aconteceu à mãe, que acionou a polícia ao endereço.

Aos agentes, o comerciante disse que a elogiou e pediu um beijo, mas não confirmou ter tocado nas partes íntimas da adolescente.


Confira também: .

Houve uma discussão entre os pais da menina e o comerciante, que acabou com uma agressão no rosto do suspeito.

Na delegacia, ele se contradisse ao afirmar que colocou a mão nos ombros da garota e que não se recordava de ter pedido um beijo a ela. Portanto, houve inconsistências em sua fala.

O dono do mercado foi detido em flagrante e teve a prisão convertida em preventiva — sem prazo para terminar.

A vítima foi encaminhada ao Hospital Pérola Byington para atendimento especializado.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável no 50° Distrito Policial do Itaim Paulista.

Paraiba da Gente

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar