Acusados de invasão a apartamento de Carlinhos Maia são presos na Paraíba

Os três presos em Campina Grande, no Agreste paraibano, acusados de invasão no apartamento do influenciador Carlinhos Maia, em Alagoas, já tinham condenações na Justiça e eram conhecidos da polícia paraibana por assaltos a bancos e a outras residências na Paraíba. A informação foi repassada nesta terça-feira (7), pelo delegado Diego Beltrão, titular da Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) de Campina Grande.

Os três homens foram detidos na noite dessa segunda-feira (6) e foram imediatamente transferidos para Alagoas. O delegado Diego Beltrão informou também, que os presos não chegaram a prestar depoimento em Campina Grande e que a Polícia Civil da Paraíba atuou no apoio à Polícia Civil de Alagoas cumprindo os mandados de prisão.

Entre os presos estão dois homens identificados como Eliabe e Feijão, ambos conhecidos da polícia paraibana pelos crimes patrimoniais praticados, como invasões a residências e assaltos a bancos.

Um dos três foi preso enquanto transitava pela Alça Sudoeste, em Campina Grande, e outros dois estavam em suas casas, no bairro Nova Brasília, quando foram detidos.

A invasão ao apartamento do influenciador Carlinhos Maia, na noite de 28 de maio, resultou em prejuízo de milhões de reais, com o furto de joias, dinheiro e outros objetos de alto valor de Carlinhos Maia, no imóvel localizado em Maceió, capital de Alagoas.