Simed-PB alerta sobre golpe com uso do nome do sindicato no WhatsApp

Foto: Divulgação/Marcos Santos/USP Imagens

O Sindicato dos Médicos da Paraíba (Simed-PB) alertou nesta quarta-feira (26) para um golpe com uso do nome do Simed no WhatsApp. De acordo com o Simed, o crime está ocorrendo em todo o Brasil e envolve também sindicatos da categoria em outros estados. Na Paraíba, três médicos foram vítimas do golpe e sofreram um prejuízo estimado em R$ 17 mil.

Na nova modalidade, os bandidos usam o nome do Simed para conseguir tirar dinheiro dos profissionais. Na Paraíba, eles utilizaram a logomarca da instituição e se passaram por um funcionário do sindicato.

Na mensagem falsa, enviada pelo WhatsApp, diziam ao médico que o Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região havia dado sentença favorável ao Sindicato dos Médicos da Paraíba em uma ação trabalhista e que teria a liberação de recursos.

“Os criminosos induziram os médicos a entrarem em contato com a assessoria jurídica do Simed-PB e usavam o verdadeiro nome do profissional que atende o sindicato, mas enviavam um número de telefone que não era o do assessor e nem do escritório de advocacia. Os médicos ligavam, uma pessoa atendia, se passando pelo assessor, e aplicava o golpe, solicitando um depósito para a liberação total do recurso”, explicou o Simed.

Segundo o sindicato, a maioria dos médicos associados que recebiam as mensagens tinha processos em tramitação, ou seja, uma grande rede de mentiras que não levantava suspeitas.

“Já prestamos Boletim de Ocorrência na Polícia Civil na Paraíba e descobrimos, com outros colegas, que os sindicatos da Bahia e o de Santa Catarina também foram vítimas do mesmo golpe. Estamos falando de uma organização criminosa especializada nesse tipo de crime”, informou Adilson Coutinho, assessor jurídico do Simed-PB que teve o nome envolvido no golpe.

The post Simed-PB alerta sobre golpe com uso do nome do sindicato no WhatsApp first appeared on Portal Correio.