“Nenhuma rede suporta uma situação desta e o colapso é inevitável”, diz diretor do Hospital de Patos a respeito de sobrecarga de unidades de saúde no Sertão

Pacientes com Covid-19 no Sertão estão sendo encaminhados para Campina Grande, após o colapso nos leitos das unidades de enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais da região. Os pacientes das cidades de Patos, Cajazeiras, Pombal e Piancó estão sendo transferidos para o Pedro I, Hospital Universitário e Hospital das Clínicas em Campina Grande. De acordo com o diretor geral do Complexo de Patos, Francisco Guedes, o cenário é muito preocupante, “nenhuma rede suporta uma situação desta e o colapso é inevitável”, disse. 

Desde a semana passada que a unidade, que junto com Cajazeiras, Piancó e Pombal, atendem pacientes com Covid sofre com a alta procura por vagas e, pela primeira vez, desde março de 2020 a unidade registra fila para internações nos setor de isolamento Covid.

“A situação está muito preocupante. Muita gente adoecendo ao mesmo tempo e simultaneamente necessitando de atendimento hospitalar e lotando as unidades. Nenhuma rede suporta uma situação desta e o colapso é inevitável por mais que se abra novos leitos, a demanda sempre será maior que a capacidade de expansão”, explica 

Segundo informações obtidas pelo ClickPB, mesmo com a disponibilidade de 79 leitos, sendo 32 de UTI e 47 de Enfermaria Clínica direcionados, exclusivamente, para pacientes com Covid-19, 12 dos quais reabertos na semana passada, nem mesmo assim o Complexo Hospitalar Regional Deputado Janduhy Carneiro de Patos (CHRDJC) está conseguindo atender a demanda crescente de pacientes com coronavírus que necessitam de internação. 

A Paraíba registrou nesta quinta-feira (20), o maior número de pacientes internados por Covid-19 em 24h desde o início da pandemia, em março do ano passado. Somente ontem, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou 892  novos casos da doença e entre os confirmados, 80 (8,96%) são casos de pacientes hospitalizados e 812 (91,03%) de doentes com sintomas leves. A Paraíba já registrou 313 mil casos da doença desde o início da pandemia, a recuperação de 214 mil pacientes e 7.336 mortes causadas por complicações  do Covid-19.