Connect with us

Prefeito Sandro Môco é solto e é recebido em Camalaú por multidão

Publicado

on

Anúncio

Alvo de uma operação do MPPB nesta sexta-feira (14), o prefeito de Camalaú Sandro Môco foi afastado e conduzido a Delegacia de Polícia Civil em Monteiro. A prisão não foi decretada pelo juiz nos autos da Operação Rent a Car, mas foi realizada porque os policiais encontraram uma arma na residência do gestor.O prefeito afirmou na delegacia que estava de posse da arma, pois vem sendo junto a seus irmãos constantemente ameaçado de morte. Ele pagou fiança e foi liberado.

Ao retornar a Camalaú, o prefeito Sandro Môco foi recebido por uma incalculável multidão na entrada da cidade, que o conduziu a pé até o centro. Lideranças aliadas, servidores da Prefeitura e populares estavam presentes e gritavam palavras de ordem em defesa do gestor.

Sandro Môco foi eleito prefeito na primeira vez que se candidatou ao cargo, em 2016, vencendo o ex-prefeito Aristeu Chaves, símbolo de um grupo que administrou Camalaú por toda sua história de cidade.

O líder disse que está sendo vítima de uma grande injustiça e de denúncias inverídicas patrocinadas por uma oposição que sabe que não vence nas urnas e na vontade do povo.

Sandro Môco foi afastado do cargo e a Câmara de Camalaú deve dar posse ao vice-prefeito Ezequiel Sóstenes (Kiel).

De Olho no Cariri

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *